junho 17, 2024 12:47

Covid-19: Governo reúne com empresários para alinhar pacote econômico ao AM

spot_img

O governo do Amazonas considera a possibilidade de postergar cobranças, multas e até parcelar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para evitar que haja um colapso da economia local por conta do efeito coronavírus. Essas medidas devem integrar um pacote de propostas a ser enviadas para votação pelos deputados estaduais nesta terça-feira, 24.

A informação é do presidente do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), Wilson Périco, que participou de reunião na tarde desta segunda, 23, com o governador Wilson Lima (PSC), e outros representantes da indústria e do comércio, por meio de videoconferência, para discutir uma alternativa para a economia local.

No fim de semana, o grupo se reuniu com representantes da Secretaria de Planejamento do Estado e secretarias relacionadas para buscar uma solução para o enfrentamento da retração da economia local.

Wilson Périco explicou, ainda, que o diálogo junto ao governo buscou a desburocratização de entrada de mercadorias no Amazonas, bem como diversas alternativas para garantir o emprego das pessoas no Estado.

Propostas

O presidente da Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (CAE-Aleam), deputado Ricardo Nicolau (PSD), propôs zerar o ICMS da conta de luz residencial por um prazo de 180 dias.

O deputado estadual Wilker Barreto (Podemos) propôs, na quarta-feira 18, a desoneração dos impostos trabalhistas em empresas, indústrias e comércio em geral, para evitar demissões em massa de trabalhadores.

Prorrogado

Na sexta-feira, 20, o governo do Amazonas prorrogou o prazo de validade dos laudos técnicos concedidos às empresas do Polo Industrial de Manaus com incentivo do ICMS. A medida foi adotada para evitar a ida de técnicos estaduais às empresas no momento epidemiológico em que vive o Estado, de enfrentamento ao novo coronavírus.

O Decreto nº 42.084 foi publicado na quinta-feira,19, e está baseado no Decreto nº 42.061, que instalou situação de emergência no sistema estadual de saúde e criou o Comitê Intersetorial de Enfrentamento e Combate ao Covid-19 (novo coronavírus).

 

Henderson Martins, para O Poder

Foto: Divulgação

Últimas Notícias

Wilson Lima movimenta Coari no fim de semana

O governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil), entregou, na última sexta-feira, 14, oito escolas reformadas e anunciou investimentos...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!