maio 21, 2024 10:49

OMS vê potencial para que os EUA se tornem o novo epicentro do coronavírus

spot_img

Os Estados Unidos têm potencial para se tornarem o novo epicentro da pandemia de coronavírus devido a uma “aceleração muito grande” de infecções no país, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta terça-feira,24.

O vírus respiratório altamente contagioso já infectou mais de 42 mil pessoas nos EUA, levando mais governadores a seguirem o exemplo de estados que estão ordenando que os cidadãos fiquem em casa.

Nas últimas 24 horas, 85% dos casos novos de todo o mundo surgiram na Europa e nos EUA, disse a porta-voz da OMS, Margaret Harris, aos repórteres. Destes, 40% foram dos EUA.

Indagada se a nação poderia se tornar o novo epicentro, ela respondeu: “Agora estamos vendo uma aceleração muito grande de casos nos EUA. Então de fato têm este potencial. Não podemos dizer que é o caso, mas de fato têm este potencial”.

“Eles (EUA) têm um surto muito grande, e um surto que está aumentando em intensidade”, acrescentou Harris.

Mas ela identificou alguns sinais positivos, como exames mais abrangentes e esforços adicionais para isolar os doentes e rastrear seus contatos imediatos expostos ao vírus.

Ela também se referiu às histórias “extremamente comoventes” de como os norte-americanos estão ajudando uns aos outros durante a crise.

Até o momento, a Europa é o centro da transmissão, e a Itália o país mais duramente atingido, já que tem o maior número de mortes do mundo – mas as mortes no país começaram a diminuir.

Fonte e foto : Agência Brasil

Últimas Notícias

Relatório final da CPI da Braskem é aprovado

Foi aprovada, na manhã desta terça-feira, 21, no Senado Federal, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Braskem. O...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!