maio 21, 2024 09:58

EUA acusa Maduro por ‘narcoterrorismo’ e oferece US$ 15 milhões por informações

spot_img

Nesta quinta-feira,26, o Departamento de Justiça dos EUA, apresentaram acusações criminais contra o presidente venezuelano, Nicolás Maduro. A acusação feita é embaçada em um envolvimento das principais autoridades venezuelanas com o narcotráfico. O Departamento ofereceu US$ 15 milhões por informações precisas sobre a investigação.

O Procurador-geral William Barr acusa que Maduro se relacionava com as FARC

Eles são acusados de “terem participado de uma associação criminosa que envolve uma organização terrorista extremamente violenta, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), e de um esforço para inundar os Estados Unidos com cocaína”, afirmou o procurador-geral americano William Barr.

Sobre as acusações do procurador-geral, Maduro respondeu.”Há uma conspiração dos Estados Unidos e da Colômbia e eles deram a ordem de encher a Venezuela de violência”, disse em seu Twitter.

A acusação contra Maduro e outras autoridades alega que eles conspiram com o grupo guerrilheiro colombiano Farc para enviar grandes quantidades de cocaína para os Estados Unidos e outros países.

Fonte e foto: G1

 

Últimas Notícias

Relatório final da CPI da Braskem é aprovado

Foi aprovado na manhã desta terça-feira, 21, no Senado Federal, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Braskem. O...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!