fevereiro 22, 2024 10:11

Prefeitura de Manaus adquire 25 mil testes rápidos da Covid-19

Para acelerar os exames da Covid-19 na capital amazonense, a Prefeitura de Manaus comprou 25 mil testes rápidos, que deverão chegar à cidade a partir do próximo dia 10. Além destes kits, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) informou que vem fazendo gestões para comprar EPIs (Equipamento de Proteção Individual) para os profissionais da saúde. Apesar de informar que tem estoque, a pasta depende de fornecedores para não ficar sem os equipamentos.

Esses 25 mil testes custarão R$ 78 cada, o que somará R$ 1,9 milhão aos cofres públicos.

Conforme a Semsa, os testes rápidos serão utilizados conforme recomendação do Ministério da Saúde (MS). Estes testes se configuram em exames sanguíneos de resultado rápido, mas, mesmo servindo como parâmetro para identificar uma possível infecção, o paciente que testar positivo terá que fazer uma contraprova.

Abastecimento

Durante uma tribuna popular nesta quarta-feira, 1° de abril, o secretário municipal de saúde, Marcelo Magaldi, comentou sobre a relação de estoques na pasta para atender as demandas na saúde.

“Já estamos alinhando para que em prevê tenhamos nos EPIs, e a expectativa é que uma empresa que entramos em contato nos forneça esses equipamentos dentro prazos estipulados entre 10 a 15 dias, isso é o que nos prometeram. Por enquanto, em relação a esses prazos, esperamos não ter problema, mas, de qualquer forma, o nosso estoque supre nossas necessidades”, destacou o secretário.

Marcelo Magaldi ressaltou que tem contato com diversos fornecedores para que providenciem todos os EPIs necessários para atender a pasta da saúde e que diariamente vem falando com a diretora de departamento logístico para trabalhar do fornecimento de aquisição de EPIs.

“Em Manaus existe um fábrica que vai trabalhar em grande escala com máscaras cirúrgicas. Há sinalização da Universidade do Amazonas (UEA), para produção de respiradores no Polo Industrial de Manaus, mas, esperamos que tenhamos de forma célere esses equipamentos. É uma preocupação geral”, destacou.

 

Henderson Martins, para O Poder

Foto: Dvulgação

Últimas Notícias

RR: MP recomenda que ALE suspenda contrato de R$ 9 milhões para compra de móveis planejados de luxo

Roraima - O Ministério Público de Roraima (MPRR) emitiu uma recomendação à Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR) para suspender...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!