junho 17, 2024 14:09

Moto Honda estende suspensão das atividades fabris por mais sete dias

spot_img

Com as atividades fabris paralisadas desde o dia 27 de março, a Moto Honda da Amazônia estendeu por mais por mais 7 dias a suspensão da produção de sua fábrica no Polo Industrial de Manaus (PIM) por conta da pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira, 7. O retorno que estava prevista para o dia 13 de abril, passou para o dia 20.

Segundo nota divulgada pela assessoria de comunicação, a empresa considerou a saúde e segurança dos colaboradores, o agravamento na disseminação do novo coronavírus na cidade de Manaus e os impactos da pandemia no mercado de motocicletas.

Ainda conforme o comunicado, os colaboradores permanecem em férias coletivas. “Parte do grupo que desempenha atividades administrativas segue em regime de home office. Para as atividades imprescindíveis, que não podem ser realizadas à distância, será mantido um contingente mínimo de colaboradores, com as medidas de prevenção recomendadas pelas autoridades para proteger as pessoas e conter a disseminação do vírus”.

A empresa afirma que continuará seguindo as determinações do cenário atual, além das orientações governamentais, unindo-se aos esforços coletivos para conter os avanços da Covid-19.

“Dessa forma, contribui para que as condições de vida e da indústria de motocicletas, que vinha registrando crescimento e investimentos, retornem com êxito à normalidade no menor tempo possível”.

 

Da Redação O Poder

Com informações da assessoria

Foto: Divulgação

Últimas Notícias

Wilson Lima movimenta Coari no fim de semana

O governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil), entregou, na última sexta-feira, 14, oito escolas reformadas e anunciou investimentos...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!