abril 18, 2024 21:48

RR: Justiça condena Sesau a disponibilizar médicos em hospital de Mucajaí

spot_img

Roraima – A Secretaria Estadual de Saúde (Sesau), sob o comando da secretária Cecília Lorenzon, investigada pela Polícia Federal, a ofertar no mínimo, dois médicos por plantão no Hospital Vereador José Guedes Catão, no Município de Mucajaí. A decisão da Justiça ocorre após ação do Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR).

De acordo com a sentença dada pelo Juiz, Eduardo Alvares de Carvalho, no último dia 08 de fevereiro, em caso de descumprimento o Estado deverá pagar uma multa diária de R$ 5.000,00 (cinco mil reais).

A Ação Civil Pública foi ajuizada pela Promotoria de Justiça da Comarca de Mucajaí, em janeiro de 2022, depois de realizar diligências no local que constataram a ausência de médicos no hospital. No mesmo ano, o MPRR obteve uma liminar para que o hospital ofertasse médicos em número suficiente para atender à população do município. O MPRR acompanha o caso desde então, apurou denúncias de ausência dos profissionais, bem como requereu o cumprimento da liminar.

Segundo o Promotor de Justiça, Ulisses Moroni Júnior, o serviço da unidade de saúde é imprescindível para a população de Mucajaí e Iracema. “A população não pode ser privada do serviço de saúde, tem que ser ininterrupto, 24 horas por dia e mantido pelo poder público. É nosso trabalho garantir que a população tenha esse direito da saúde pública assegurado”, concluiu o Promotor de Justiça.

Foto: Divulgação 

Últimas Notícias

Wilson Lima e Omar Aziz prestigiam abertura de conferência de Ciência, Tecnologia e Inovação

A abertura da etapa Norte da 5ª Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação, organizada pelo ministério da área,...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!