abril 20, 2024 22:32

CNJ suspende caso de magistrado que inferiorizou Norte e Nordeste

spot_img

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu nesta terça-feira, 12, suspender reclamação disciplinar contra o desembargador Mário Helton Jorge até que seja realizada conversação sobre possível Termo de Ajustamento de Conduta.

O magistrado é acusado de discriminação depois de dizer, em sessão de julgamento, que “Paraná tem nível cultural superior ao Norte do país, Nordeste, etc”.

Relembre:

O magistrado citou Lava Jato e Mensalão e falava em “roubalheira generalizada” ao fazer o comparativo. “Aqui no Paraná é uma vergonha.”

Em abril do ano passado, o corregedor nacional de Justiça, ministro Luis Felipe Salomão, determinou a abertura de reclamação disciplinar contra o desembargador.  

Na decisão que determinou a abertura do processo, o corregedor nacional destacou que a manifestação feita pelo desembargador do Paraná foi proferida fora de qualquer contexto referente ao caso julgado e que o conteúdo pode ter conotação preconceituosa e xenofóbica.

Agora, o processo foi suspenso para conversação sobre possível TAC com a Corregedoria. Para que sejam feitas as tratativas, será realizada reunião no próximo dia 18.

 

Da Redação com informações do site Migalhas 

Foto: Reprodução

Últimas Notícias

Lançamento da pré-candidatura de Maria do Carmo tem participação de Dallagnol

A pré canditada Maria do Carmo Seffair oficializou neste sábado (20) a sua candidatura a prefeitura de Manaus. O...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!