março 5, 2024 07:27

Prefeitura de Manaus celebra contrato de R$ 7 milhões para implantar ciclovias

spot_img

A Prefeitura de Manaus vai pagar quase R$ 7 milhões para a empresa SR Empreendimentos e Serviços Eireli implantar duas ciclovias e duas ciclofaixas recreativas em duas zonas da cidade. A licitação para aplicação de um novo modal foi realizada na Comissão Especial de Licitação de Obras e Serviços de Engenharia (CEL/CC) e homologada no início deste mês.

Conforme pesquisa em site especializado sobre CNPJs, a empresa SR Empreendimentos tem sede em Boa Vista, no Estado de Roraima.

Segundo contrato nº 011/2020, celebrado no dia 19 de março de 2020, o valor total da obra é de R$ 6.874.817,52 para a implantação da ciclovia entre a Ponta Negra, na Zona Oeste, e Boulevard Álvaro Maia, na Zona Centro-Sul. No Boulevard, inclusive, já existe uma ciclovia.

Outra ciclovia será implantada na avenida Governador José Lindoso, a avenida das Torres, na Zona Norte da cidade. As ciclofaixas serão implantadas na avenida das Torres e na avenida Itaúba, na Zona Leste. O contrato tem vigência de 150 dias corridos.

Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) respondeu, por meio de nota, que serão 47 novos quilômetros de ciclovias e ciclofaixas implantados na cidade. O contrato está em processo de tramitação e os trabalhos deverão ser iniciados no próximo mês.

Segundo a secretaria, atualmente a capital do amazonense conta com, aproximadamente, 38 quilômetros de ciclovias e ciclofaixas. “Alguns parques e praças da cidade também contam com espaço delimitado para os ciclistas. O Parque Ponte dos Bilhares, gerido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), é referência para os ciclistas da cidade. A ciclofaixa existente no local tem 1.450 metros nas duas etapas. Os ciclistas contam, ainda, com duas bike station (estações de reparos para bicicletas, contendo ferramentas de utilidade)”, diz a nota.

 

Álik Menezes, para O Poder

Foto: Divulgação

Últimas Notícias

Projeto de Caio André que beneficia atletas de jiu-jítsu avança na CMM

O Projeto de Lei nº 145/2023, que busca isentar a taxa de inscrição em eventos esportivos para atletas praticantes...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!