junho 17, 2024 16:59

Deputado cobra demora do governo em aceitar doação de álcool gel

spot_img

O deputado estadual Dermilson Chagas (sem partido) publicou um vídeo nas suas redes sociais, no dia 2 deste mês, denunciando que o governo do Amazonas não havia mandado receber uma doação de 21 mil litros de álcool gel de uma rede de postos de gasolina do Amazonas.

Segundo documento, o álcool gel seria destinado à rede de saúde estadual, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar do Amazonas. “Quero que o governador chame a atenção da Susam (Secretaria de Estado de Saúde) e mande buscar porque está pronto esse material”, disse.

Segundo a assessoria de imprensa do deputado, até a manhã deste sábado, 4, o parlamentar não havia recebido nenhum posicionamento do governo do Amazonas sobre a denúncia.

No documento, a ATEM’S Distribuidora de Petróleo S/A informa que está doando o etanol e que outra empresa faria a diluição, produção do álcool gel 70%, envasamento para entregar ao governo do Amazonas para ajudar no combate à proliferação da Covid-19 no Estado e solicitava do governo as embalagens.

O Poder tentou contato com a distribuidora, via ligação, para saber se o governo do Estado já havia retirado a doação, sem êxito.

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informou que o governo, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), já providenciou as bombonas (recipientes para armazenamento de combustível) para envase do produto doado pelo grupo Atem. O material deverá ser entregue na fábrica de produtos Química Credie nesta segunda-feira, 6, para embalagem do produto e entrega à Central de Medicamentos do Amazonas (Cema).

“A Susam agradece a colaboração daqueles que estão empenhados a ajudar nesse momento em que a união de todos, independentemente de posições partidárias, é o que vai fazer diferença”.

 

Álik Menezes, para o Poder

Foto: Divulgação

Últimas Notícias

MP para salvar Amazonas Energia terá impacto de 0,4% na tarifa média no País

A solução endereçada à Amazonas Energia já foi testada durante a privatização da empresa em 2018 e o consumidor...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!