junho 17, 2024 15:56

MP-AM se manifesta contrário ao pedido de prisão preventiva de Rosses

spot_img

Apontado como o organizador de carreata realizada na manhã deste domingo, 19, contra as ações do governo do Estado em relação à pandemia do coronavírus e pedindo a saída do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), o tenente-coronel da reserva da Polícia Militar, Ubirajara Rosses, teve pedida a sua prisão preventiva à Justiça pelo coronel da PM, Francisco Corrêa Ribeiro, também neste domingo.

No entanto, o promotor de Justiça Jorge Alberto Gomes, que está no plantão do Ministério Público do Estado (MP-AM), indeferiu o pedido de prisão preventiva por entender que não ficou demonstrado na peça jurídica o grau de periculosidade de Rosses, além de, em nenhum momento no inquérito policial militar instaurado internamente no dia 1º deste mês solicitar a prisão preventiva do militar.

Rosses chegou a denunciar, via redes sociais, que estaria sendo perseguido pelo governador e sua equipe por tornar públicas críticas à sua gestão.

Ele intensificou essas críticas nos últimos dias e arregimentou uma manifestação contra o governo, que se realizou na manhã deste domingo.

Leia a decisão na íntegra:

Parecer MPAM Coronel Rosses

 

Da Redação O Poder

Foto: Divulgação

Últimas Notícias

MP para salvar Amazonas Energia terá impacto de 0,4% na tarifa média no País

A solução endereçada à Amazonas Energia já foi testada durante a privatização da empresa em 2018 e o consumidor...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!