junho 17, 2024 17:06

Com 28 mortes confirmadas em 24 horas, Amazonas chega a 2.888 casos positivos da Covid-19

spot_img

Em um mês, o Amazonas registrou 234 mortes por COVID-19. Segundo boletim divulgado na tarde desta quinta-feira, 23, pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), o Amazonas confirmou mais 409 casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus nas últimas 24h e o número de casos chega aos 2.888 em todo o Estado. Foram 28 mortes confirmadas de quarta para quinta.

Segundo dados da FVS, dos 2.888 casos confirmados no Amazonas 2.286 são de Manaus, o que representa 79,1%, e 602 do interior do Estado, cerca de 20,8%. Ainda conforme o boletim, 1.495 pessoas estão em isolamento domiciliar e 961 estão fora do período de transmissibilidade. Entre os casos confirmados de Covid-19, há 198 pacientes internados, sendo 86 em leitos clínicos (50 na rede privada e 36 na rede pública) e 112 em UTI (48 na rede privada e 64 na rede pública).

Além da capital, 33 municípios já têm casos confirmados: Manacapuru (238); Itacoatiara (56); Iranduba (50); Parintins (44); Maués (36); Tabatinga (33); São Paulo de Olivença (17); Careiro Castanho (16); Benjamin Constant e Lábrea com 13 casos cada; Presidente Figueiredo e Tonantins com 12 casos cada; Santo Antônio do Içá (11); Anori (10); Maraã e Tefé com 7 casos cada; Autazes e Careiro da Várzea com 3 casos cada; Coari, Manaquiri, Manicoré, Novo Airão e Rio Preto da Eva com 2 casos cada; e Anamã, Barcelos, Beruri, Boca do Acre, Canutama, Carauari, Juruá, Jutaí, Nova Olinda do Norte, Nhamundá e Santa Isabel do Rio Negro com 1 caso confirmado cada.

Em Manaus, 193 pessoas morreram e outros 14 municípios que tiveram mortes são: Manacapuru (14), Iranduba (5), Maués (5), Itacoatiara (4), Parintins (3), Careiro Castanho (2), Manicoré (1), Tabatinga (1), Presidente Figueiredo (1), Tefé (1), Novo Airão (1), Barcelos (1), Beruri (1) e Carauari (1); totalizando 41 mortes por Covid-19 entre pacientes do interior.

 

Álik Menezes, para O Poder

Últimas Notícias

MP para salvar Amazonas Energia terá impacto de 0,4% na tarifa média no País

A solução endereçada à Amazonas Energia já foi testada durante a privatização da empresa em 2018 e o consumidor...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!