julho 13, 2024 08:39

Sob pressão na Aleam, Wilson recua e decide liberar R$ 55 milhões em emendas parlamentares

spot_img

Com um processo de impeachment em andamento na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), o governador do Estado, Wilson Lima (PSC), reuniu com 11 deputados neste sábado, 9, e anunciou a liberação de R$ 55 milhões em emendas parlamentares. Nos bastidores, o sentimento é que Lima, na tentativa de atrair apoio e, dessa forma frear a consolidação do processo contra ele, decidiu recuar e negociar.

Na quinta-feira, 7, o deputado da oposição, Dermilson Chagas (Podemos) havia cobrado, publicamente, o governo pelo não pagamento das emendas impositivas, a maioria direcionada para a saúde e o enfrentamento à Covid-19.

A reunião aconteceu a porta fechada na sede do governo, no bairro Compensa II, Zona Oeste da capital, e contou com a presença dos secretários da Fazenda (Sefaz), Alex Del Giglio; do secretário-executivo de Saúde (Susam), Marcellus Campêlo; e o secretário-executivo adjunto da capital na Susam, Ítalo Cortez.

A liberação de 100 emendas parlamentares será destinada à área da saúde na capital e no interior do Amazonas. Ao todo, o governador autorizou o pagamento de R$ 55 milhões em emendas parlamentares, de 24 deputados, que irão beneficiar 31 municípios. O objetivo do governador era atrair o maior número de deputados na reunião deste sábado, mas, apenas 11 parlamentares se fizeram presentes na reunião.

Wilson Lima explicou que os recursos serão empregados nas ações de combate à Covid-19 na aquisição de equipamentos, medicamentos, ambulâncias, construção de institutos, assistência à saúde da família, reformas hospitalares, manutenção de ações de saúde, aporte financeiro de cirurgias, manutenção nos Centros de Atendimento Integral à Melhor Idade (Caimis), entre outras atividades.

“Eu convidei aqui os deputados para que a gente pudesse tratar das emendas que por eles foram destinadas para a área da saúde, para atendimento à Covid-19, e mostrar em que pé estão esses encaminhamentos, o que já foi empenhado, o que já foi homologado. Aqui liberei os R$ 55 milhões, naturalmente dependendo do entendimento dos deputados e dos processos na Susam para que possam ser encaminhados”, explicou o governador.

Presentes

Participaram da reunião os deputados Adjunto Afonso (PDT), Mayara Pinheiro (PP), Felipe Souza (Patriotas), Saullo Vianna (PTB), Joana Darc (PL), Dr. Gomes (PSC), Ricardo Nicolau (PSD), Carlinhos Bessa (PMN), Alessandra Campelo (MDB), Roberto Cidade (PV) e Augusto Ferraz (DEM).

 

 

Da Redação O Poder

Com informações da Secom

Foto: Divulgação

Últimas Notícias

Silas, Dan e Joelson, são multados pelo TRE-AM

O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) realizou o Cumprimento de Sentença (156) nº 0602254-08.2022.6.04.0000, referente a Representação por...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!