junho 17, 2024 16:32

STF autoriza Moro e Aras a verem juntos na PF vídeo que Bolsonaro ameaça demitir ministro da Justiça

spot_img

O ministro da Supremo Tribunal Federal (STF), Celso de Mello, permitiu que o procurador-geral da República, Augusto Aras, e o ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro tenham acesso à íntegra do vídeo que registra a reunião ministerial em que Jair Bolsonaro ameaçou demitir o estão ministro da Justiça. A informação é da colunista Mônica Bergamo, do Site UOL.

Na decisão, diz que a delegada Christiane Corrêa Machado, deverá comunicar a todos os envolvidos para que possam comparecer na Polícia Federal, em Brasília, para assistirem à exibição, em ato único, do conteúdo na íntegra.

Conforme a colunista, o vídeo está em um envelope lacrado no gabinete do ministro. O material será levado à delegada pelo chefe de gabinete de Celso de Mello.

 

Leia a matéria na íntegra no Site UOL

 

Da Redação O Poder

 

Com informações da Coluna de Mônica Bergamo,do Site UOL. 

Últimas Notícias

MP para salvar Amazonas Energia terá impacto de 0,4% na tarifa média no País

A solução endereçada à Amazonas Energia já foi testada durante a privatização da empresa em 2018 e o consumidor...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!