março 5, 2024 00:28

Arthur fala que Lula não tem méritos no PIB, que é reflexo de Bolsonaro e Paulo Guedes

spot_img

O ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), divulgou em suas redes sociais que a notícia de desigualdade chegou ao seu menor índice, em 10 anos, na gestão de Jair Bolsonaro (PL) sob a batuta econômica do ex-ministro da Economia, Paulo Guedes e que foi sem dúvida, uma grande conquista.

Arthur afirmou ainda que Bolsonaro foi muito feliz, ao escolher um economista de verdade, pós-doutor pela Universidade de Chicago e conhecedor profundo da economia como um todo.

“O PIB brasileiro, neste ano, ainda tem a marca da gestão anterior. O de 2024 será inteirinho da ‘ir’ responsabilidade da dupla Lula/Haddad. Oportuno lembrar que Lula recebeu, de seu antecessor, um superavit primário de mais de R$ 52 bilhões e Lula/Haddad, em um ano (incompleto) de ‘indi’gestão, liquidou o superavit positivo herdado e, hoje, apresentam deficit de mais de R$ 114 milhões. Uma pena mesmo!”, afirmou.

O ex-prefeito diz ainda que o último ano do ex-presidente Jair Bolsonaro à frente do Executivo, em comparação com 2021, mostrou redução de 4,8% no índice de pobreza, o menor nível desde o começo da série histórica da pesquisa, em 2012, com o país sendo governado, tresloucadamente, por Dilma e Guido Mantega.

“A maior desigualdade se deu em 2018, “herança maldita” deixada por Lula e Dilma para Michel Temer e Henrique Meireles que, por sinal fizeram um bom trabalho. A verdade acaba surgindo, Bolsonaro trabalhou bem com Guedes. Aliás, quem tem Guedes, não precisa de Márcio Pochman!”, enfatizou.

Previsões erradas

O ministro Paulo Guedes ao final do mandato de Bolsonaro, errou a maioria das suas previsões econômicas para o Brasil. Guedes chegou a afirmar em tom de ameaça que se o país não elegesse Bolsonaro o Brasil iria virar uma Venezuela ou uma Argentina, países que enfrentam uma grave crise econômica, fato que não aconteceu na economia do Brasil.

Contradição

Mas ao contrário de suas afirmações positivas a economia do país e ao ex-ministro Paulo Guedes, Arthur Neto em um vídeo em fez duras criticas a Paulo Guedes e chega a afirmar que ele estava jogando Bolsonaro contra os amazonenses após decreto federal que prejudicava a Zona Franca de Manaus culpa de Paulo Guedes, no mínimo sendo confuso, pois não sabe de critica ou elogia Paulo Guedes, sendo incoerente em suas avaliações políticas.

 

Redação O Poder

Foto: Reprodução

 

 

 

Últimas Notícias

Projeto de Caio André que beneficia atletas de jiu-jítsu avança na CMM

O Projeto de Lei nº 145/2023, que busca isentar a taxa de inscrição em eventos esportivos para atletas praticantes...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!