fevereiro 29, 2024 11:24

Corte Eleitoral forma maioria pela cassação de Silas Câmara

spot_img

A Corte Eleitoral, hoje, 12, julgou a Representação do Ministério Público Eleitoral (MPE) contra o deputado federal Silas Câmara (Republicanos), formando maioria pela sua cassação. No entanto, um pedido de vistas deu ‘folêgo’ ao parlamentar.

Para o MPE, Silas cometeu o crime de captação ou gasto ilícito de recurso financeiro na campanha eleitoral de 2022.

O relator da ação na Justiça Eleitoral, desembargador Pedro Ribeiro de Araújo, acatou a Representação, votando favorável à cassação. O voto foi seguido pelos colegas Marcelo Soares, Fabrício Marques e Carla Reis. O único a pedir vistas foi o desembargador Marcelo Vieira.

Pela decisão do relator, além da cassação, foi determinado que seja realizado o cálculo do quociente eleitoral e partidário, excluindo os votos atribuídos a Silas.

 

Da Redação O Poder 

Foto: Reprodução 

Últimas Notícias

PF realiza operação contra fraudes em benefícios do INSS

A Superintendência da Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 29, em Manaus, a Operação Acta Passio, que visa...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!