maio 19, 2024 19:33

Após quatro meses afastado, Pedro Henrique volta ao cargo de prefeito de Alto Alegre por decisão da Justiça Federal

spot_img

Roraima – Após quatro meses afastado, Pedro Henrique Machado (PSD) retornou ao cargo de prefeito de Alto Alegre por decisão da Justiça Federal no final da tarde desta sexta-feira, 15. O prefeito é alvo de uma investigação da Polícia Federal e chegou a ser preso em agosto deste ano.

Conforma a decisão da desembargadora federal Solange Salgado da Silva, fica revogada as medidas cautelares que afastaram Pedro Henrique do cargo no fim agosto deste ano. Além disso, Machado também estava proibido de acessar o prédio da Prefeitura e demais secretarias.

Deflagrada no dia 29 de agosto, a operação Leviatã, da Polícia Federal, visa desarticular uma organização criminosa voltada à prática de fraudes a licitações, pagamentos de propinas e lavagem de dinheiro. Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão em Boa Vista e 2 mandados de busca e apreensão em Alto Alegre, expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

As investigações iniciaram com a análise de materiais apreendidos em outra operação da PF, na qual foram encontrados diálogos entre um empresário e um político sobre a contratação de uma empresa para serviços de engenharia para a prefeitura de Alto Alegre.

Segundo a PF, há indícios de que a organização criminosa tentaria obter propinas em troca do direcionamento de procedimentos licitatórios. São investigados processos de contratação de serviços relacionados à iluminação pública e a obras de asfaltamento e pavimentação.

Para dissimular os pagamentos das propinas, o grupo investigado envolveria empresas intermediárias, as quais, por meio da simulação de venda de mercadorias, mediante emissão de notas fiscais “frias” e utilização de contas de “laranjas”, faria o dinheiro chegar até o político investigado, sem que a origem do montante fosse identificada.

As investigações apontam que outros indivíduos teriam sido cooptados para a organização, que passaria a contar com a integração de empresários, servidores públicos, empresas e “empresas de fachada”.

Foto: Divulgação 

Últimas Notícias

Lucenildo lidera com triplo de votos em Alvarães, diz Pontual Pesquisas

O Instituto Pontual Pesquisas realizou estudo eleitoral no município de Alvarães (a 530 quilômetros de Manaus) entre os dias...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!