fevereiro 29, 2024 11:48

Por 5 votos a 2, TRE-RR cassa Denarium pela terceira vez e determina novas eleições

spot_img

Roraima – O Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR) cassou, por 5 votos a 2, o mandato do governador Antonio Denarium (PP) e do vice Edilson Damião (Republicanos) por abuso de poder econômico e determinou novas eleições. O julgamento ocorreu nesta segunda-feira, 22, e durou mais de 6 horas.

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral é do MDB, do senador Romero Jucá e da ex-prefeita Teresa Surita, que foi derrotada no pleito de 2022.

No corpo da denúncia, o MDB alega uma série de infrações no repasse de R$ 70 milhões para município que apoiavam a reeleição do governador Antonio Dernarium. O repasse do montante foi autorizado pela Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR).

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral teve como relatora a desembargadora Tânia Vasconcelos, que pediu a cassação, além da inelegibilidade por oito anos do governador.

A relatora teve o voto acompanhado pelos juízes Joana Sarmento, Felipe Bouzada, Renato Albuquerque e Elaine Bianchi. Foram contrários os juízes Francisco Guimarães e Ataliba Albuquerque.

Cestas básicas 

No dia 14 de agosto de 2023, o governadorteve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Roraima  por distribuição de cestas básicas no período eleitoral de 2022. A ação foi ingressada pelo Avante.

Reformas 

No dia 7 de dezembro de 2023, Antonio Denarium teve o mandato cassado pela segunda vez por juízes do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima (TRE-RR). O governador foi cassado por executar reformas nas casas de eleitores roraimenses, por meio do programa “Morar Melhor”, em 2022.

Foto: Divulgação 

 

Últimas Notícias

PF realiza operação contra fraudes em benefícios do INSS

A Superintendência da Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 29, em Manaus, a Operação Acta Passio, que visa...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!