junho 17, 2024 16:15

Polícia flagra ex-deputado estadual de Roraima em rinha de galo clandestina no Amazonas

spot_img

Roraima – Neste sábado, 27, a Polícia Militar do Amazonas e o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAMB) desmantelaram uma rinha nacional de galos clandestina no ramal do Pau Rosa, na BR-174, no Amazonas. Entre os envolvidos, o ex-deputado estadual de Roraima, Jeferson Alves foi localizado no flagrante.

A operação policial acorreu após denúncia anônima à Comissão de Proteção aos Animais da Assembleia Legislativa do Amazonas (CPAMA-Aleam). Segundo assessoria de imprensa da deputada Joana D’Arc, no local, mais de 80 galos foram apreendidos e resgatados pela CPAMA.

Além disso, cerca de 16 rinheiros foram detidos e levados para a delegacia da área. As anotações das apostas, nome dos donos dos galos e informações sobre 200 pessoas envolvidas com as rinhas foram encontradas no local.

De acordo com informações de testemunhas, os realizadores das rinhas são de Boa Vista (RR) e cobravam 100 reais, por pessoa, para a entrada do evento criminoso, e as apostas mínimas eram de 500 reais, indo para 10 mil a 20 mil reais.

Rinha no Amazonas é crime

A Lei Estadual nº 6.423/2023 proíbe a prática de brigas (rinhas) de animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos no Amazonas. O alojamento dos animais encontrados era um espaço pequeno, gradeado e sem a devida limpeza e alimentação.

Segundo a legislação, a pessoa que for denunciada e condenada por praticar rinha, será multada no valor de R$ 1.500,00 (um mil e quinhentos reais), podendo chegar até R$ 20.000,00 (vinte mil reais), dependendo da infração e do estado do animal.

Foto: Divulgação 

Últimas Notícias

MP para salvar Amazonas Energia terá impacto de 0,4% na tarifa média no País

A solução endereçada à Amazonas Energia já foi testada durante a privatização da empresa em 2018 e o consumidor...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!