março 5, 2024 01:10

Em dois anos, 273 bebês morreram na Maternidade de Lona de Antonio Denarium

spot_img

Roraima – Enquanto a reforma do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth se arrasta há quase três anos, mães e recém-nascidos sofrem com o descaso do Governo de Antonio Denarium (PP) e a precária estrutura da chamada Maternidade de Lona, implantada pela gestão.

Para se ter ideia do sofrimento das famílias, de 2022 a 2023, cerca de 273 bebês morreram na maternidade de lona de Roraima. Destas, 102 foram em 2022 e 171 em 2023, um aumento expressivo de quase 70%.

A reforma e reforma e ampliação geral do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth, única maternidade do Estado de Roraima, começou no ano de 2021 e tinha previsão de custo de R$ 20 milhões ao todo.

À época, o secretário de Saúde era empresário Airton Cascavel. Dos R$ 20 milhões, cerca de R$ 16 milhões são provenientes de duas emendas parlamentares. De lá para cá, o Governo de Roraima gasta fortuna para manter a estrutura improvisada e não cumpriu o prazo de entrega das obras.

Em agosto de 2023, o Governo de Roraima, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), renovou por mais um ano o contrato para manter a estrutura improvisada do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth por R$12.956.633,04.

Foto: Divulgação 

Últimas Notícias

Projeto de Caio André que beneficia atletas de jiu-jítsu avança na CMM

O Projeto de Lei nº 145/2023, que busca isentar a taxa de inscrição em eventos esportivos para atletas praticantes...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!