fevereiro 26, 2024 04:45

Situação de Thiago Abrahim se complica após TRE-AM rejeitar embargos

spot_img

A situação do deputado Thiago Abrahim perante o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) está complicada. De acordo com o órgão, durante as eleições de 2022, o parlamentar apresentou conduta que causou desequilíbrio entre as candidaturas, o que configura propaganda extemporânea.

O Tribunal também rejeitou os embargos de Abrahim. “Não são admissíveis embargos com o intuito de mera rediscussão da causa”, diz trecho de documento.

Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a propaganda extemporânea causa desequilíbrio e falta de isonomia nas campanhas eleitorais. Os candidatos devem ser tratados igualmente. Portanto, perante a legislação eleitoral, não é aceitável que alguns possam divulgar suas propagandas antes mesmo que outros tenham se registrado como candidatos.

Últimas Notícias

“Devemos passar uma borracha no passado” diz Bolsonaro em ato.

Lideranças da direita brasileira e os apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro, que é investigado por tentativa de golpe entre...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!