abril 18, 2024 21:55

Ainda ecoa barulho que Menezes causou no sábado

spot_img

A presença do Coronel Menezes (PL) na solenidade de posse do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Roberto Cidade (União Brasil), no diretório municipal do partido, continua repercutindo nos bastidores políticos. Há ideias de uma provável “união” entre Menezes e o grupo do governador Wilson Lima (União Brasil), visando as eleições municipais de 2024.

Durante o evento, Coronel Menezes falou sobre os motivos da sua ida em prestigiar a posse de Cidade, disse que foi ao evento a convite do governador e do deputado, que são seus amigos, e de pessoas por quem ele tem um grande respeito. “Nós participamos da campanha do governador com coligação porque estava no arco de aliança do presidente Bolsonaro, todo mundo sabe disso. E a convite do Roberto Cidade, por quem eu tenho um grande carinho, estamos aqui para prestigiar esse evento e desejar sorte nesse novo desafio ao formar uma equipe de vereadores e formar as lideranças que vão concorrer”, afirmou.

Críticas ao PL

Menezes não poupou criticas ao PL e disse que a população de Manaus precisa saber qual é o partido político que tem um candidato que saiu da última eleição com mais de 52% dos votos e esse partido o “tira ele do jogo”, se referindo à sua votação de mais de 700 mil votos obtidas para o Senado na última eleição em 2022.

“Deve ser o interesse econômico – sem pensar no bem do povo – de quem dirige o partido e, lamentavelmente, não tem uma visão. Porque isso não existe nunca na politica. Em nenhum local existe. Só aqui e acreditamos que o interesse dessa pessoa está sendo maior que o coletivo porque nós poderíamos, com certeza, representar melhor o presidente Bolsonaro. O PL é um partido que saiu grande na eleição, mas nós temos pessoas que são muito pequenas à frente dele”, alfinetou sem citar nomes.

Surpresa política

A presença de Coronel Menezes na posse de Roberto Cidade do diretório do União Brasil, em Manaus, causou surpresa nos bastidores políticos e um grande barulho de especulações sobre a sua aproximação com o governador e a possibilidade de caminhar com o parlamentar no pleito de 2024. Comenta-se que as peças do tabuleiro estão sendo mexidas e novas aparições ou surpresas podem acontecer e “embaralhar” ainda mais as cartas nesse jogo politico, que pode mudar a qualquer momento, até a definição de quem vai compor chapa, com quem ou quais alianças partidárias serão firmadas.

 

 

Da Redação, com informações O Convergente

Foto: Reprodução

Últimas Notícias

Wilson Lima e Omar Aziz prestigiam abertura de conferência de Ciência, Tecnologia e Inovação

A abertura da etapa Norte da 5ª Conferência Regional de Ciência, Tecnologia e Inovação, organizada pelo ministério da área,...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!