fevereiro 22, 2024 09:53

Vereadora critica partidos por não apoiarem candidaturas femininas

A vereadora Jacqueline (Podemos) usou a tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) nesta semana para criticar o fisiologismo dos partidos políticos, no que diz respeito à cota de 30% de candidaturas femininas nas eleições.

Segundo ela, as legendas partidárias estão buscando mulheres tão somente para cumprir a lei eleitoral, nada mais, em detrimento do verdadeiro investimento e apoio de candidaturas femininas em cargos representativos.

“Essa situação do papel da mulher na política, me faz discordar, inclusive, dos relatos bíblicos que dizem que a mulher veio da costela do homem, até pelo fato de não existir nenhuma comprovação científica desse feito”, criticou.

O discurso de Jacqueline mostra que o ‘desprezo’ pela representatividade feminina no Amazonas e no Brasil, em geral, é uma realidade: Manaus nunca teve uma prefeita, nem governadora, nem presidentes dos Legislativos estadual e municipal.

Atualmente, na Câmara, há somente três vereadores num universo de 41 parlamentares eleitos, enquanto na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), de 24 deputados estaduais, apenas quatro são mulheres. Já a bancada federal que representa o Estado em Brasília é toda do sexo masculino.

 

Henderson Martins, para O Poder

Últimas Notícias

Ex-superintendente da Suframa será assessor de Pauderney

O ex-superintendente da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Marcelo Souza Pereira, pertencente ao quadro de pessoal da...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!