maio 21, 2024 09:51

Parlamentares ligados à saúde criticam mudança na Susam e cobram experiência da nova titular

spot_img

Minutos após o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), anunciar a biomédica paulista Simone Papaiz como nova secretária de Saúde do Estado, parlamentares ligados à área da saúde criticaram a escolha e defendem que alguém com mais experiência em grandes cidades ou algum técnico da própria Secretaria de Saúde (Susam) deveria assumir o comando da pasta.

O vereador Marcelo Serafim, presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Manaus (CMM), afirmou que a nova secretária não tem experiência nenhuma comprovada em grandes cidades. “Bertioga é menor que Manacapuru e isso me preocupa bastante, além do fato de que para a nova secretária de saúde ‘Rio Negro e Solimões’ são apenas uma dupla sertaneja e isso é algo que deve angustiar a todos nós”, disse.

Para o vereador Isaac Tayah, que é médico oncologista, o governador deveria ter escolhido algum especialista que conheça as demandas do Estado e a própria Susam tem técnicos qualificados para assumir a pasta.

“Teria que ser alguém da nossa região, alguém que conheça a nossa realidade para assumir e estar à frente dessa guerra contra o coronavírus. Nossa preocupação é realmente saber se vem alguém sem conhecimento da nossa região. Tem muitos infectologistas bons no Amazonas, dentro da própria Susam tem gente gabaritada para assumir comandar a secretaria”, completou.

Na manhã desta quarta-feira, 8, o deputado estadual Ricardo Nicolau (PSD), também criticou a escolha do governador e questionou se a nova secretária cumpriu quarentena, já que veio de outro Estado.

“Em primeiro lugar a nova secretária nem na rua poderia estar porque ela tinha que cumprir quarentena por ter vindo de São Paulo e infelizmente não conhece a rede, os médicos e as pessoas”, disse.

O parlamentar também criticou a troca de secretários. “Vamos acabar com essa coisa de ficar empurrando de tira um e bota outro, não vamos personalizar a coisa, independente de quem seja. Ou vamos ficar assistindo mortes no estado do Amazonas? Estou cansado de falar e não ser ouvido. Ver o Getúlio Vargas cheio de macas e as pessoas morrendo, ver no Nilton Lins as pessoas que não estão trabalhando”, desabafou.

A reportagem procurou a presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputada Dra. Mayara, que também é médica, para repercutir essa mudança na Susam, sem sucesso.

O Poder entrou em contato com a Secretaria de Estado de Comunicação do Amazonas (Secom) para repercutir as críticas dos parlamentares, mas a secretaria informou que não comentará as declarações.

Simone Papaiz foi anunciada como nova secretária de Saúde do Estado na manhã desta quarta pelo governador Wilson Lima. Mas, até a semana passada, ela ainda respondia pela pasta de saúde do município paulista de Bertioga.

 

Álik Menezes, para O Poder

Foto: Secom

Últimas Notícias

Relatório final da CPI da Braskem é aprovado

Foi aprovado na manhã desta terça-feira, 21, no Senado Federal, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Braskem. O...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!