julho 15, 2024 08:01

Empresa planeja injetar R$ 360 milhões na economia amazonense

spot_img

Em meio a crise causada pela pandemia do novo coronavírus, a empresa ValeCard, que operacionaliza vale-refeição e vale-alimentação, espera injetar R$ 360 milhões este ano na economia amazonense. Pequenos comerciantes podem ser beneficiados ao se credenciarem para aceitar os cartões da operadora.

Segundo o diretor comercial da ValeCard, que tem filial no Amazonas, Lucas Bonfim, serão pelo menos R$ 30 milhões por mês e o Estado já conta com 50 mil usuários, sendo 25 mil na capital e os outros 25 espalhados pelos 61 municípios. “Essa injeção se dá nesse momento de crise. A gente traz um aquecimento para aquele estabelecimento lá no bairro, com uma injeção de 50 mil famílias que vão as compras com um dinheiro que não estava circulando no mercado, é um dinheiro novo”, disse.

Segundo o planejamento, até o fim do ano a empresa espera ter 5 mil estabelecimentos parceiros aceitando os cartões. Atualmente, a empresa tem 2 mil estabelecimentos credenciados no Amazonas. “Nosso intuito é superar essa meta”, adiantou.

Mesmo em meio a pandemia, a empresa, que é especializada em soluções de pagamento e gestão de frotas, espera atingir mais 150 mil novos usuários dos cartões da empresa nos próximos meses. Para o diretor, o Amazonas é um Estado muito rico e de extrema relevância para a empresa, que fixou uma filial no Estado.

Segundo a ValeCard, as empresas que fecham parceria reduzem custos por meio da isenção de encargos sociais, mantém funcionários motivados, além de gerar o aumento da produtividade.

Para os funcionários, o benefício é a possibilidade real de escolher onde fazer suas compras, que pode ser num mercadinho próximo de sua casa ou numa grande rede.

Para credenciar-se junto à rede ValeCard e poder disputar um montante de aproximadamente R$ 360 milhões a serem injetados por ano pelo Vale-Alimentação e Vale-Refeição na economia amazonense, os estabelecimentos comerciais podem manter contato com a empresa por meio de vários canais de comunicação: fone (0800-701-5402), WhatsApp (34-98424-9742), e-mail: amazonas@valecard.com.br ou pelo site www.valecard.com.br

 

Álik Menezes, para O Poder

Foto: Divulgação

Últimas Notícias

TCE-AM nega recurso de Bi Garcia sobre denúncia formulada por Brena Dianná

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) negou o provimento, no mérito, ao recurso de reconsideração interposto...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!