março 4, 2024 23:50

Pedido de intervenção na saúde do Amazonas já está nas mãos de Bolsonaro

spot_img

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) recebeu, na manhã desta quarta-feira, 22, das mãos do senador Eduardo Braga (MDB), o pedido de intervenção na saúde, aprovado anteontem pelos deputados estaduais do Amazonas. O senador pediu socorro ao presidente e ações concretas para salvar vidas no Estado.

Em vídeo, o senador afirmou que relatou ao presidente na manhã desta quarta a situação dramática da saúde do Amazonas e pediu que ações podem ser feitas também no interior do Estado.

“Fui a mais alta autoridade do nosso país pedir ajuda, pedir socorro ao Amazonas, pedir socorro que o governo federal entre em contato com o governo do Estado e que providências sejam tomadas imediatamente para que nós possamos ter ações concretas para salvar vidas no nosso Amazonas”, disse o senador.

No seu discurso no Senado, Braga expôs a conversa que teve com o presidente e disse que Bolsonaro ficou de orientar seus ministros para conversar com o governo do Amazonas.

“Obviamente que dependerá da vontade do governador e do governo do Estado do Amazonas, mas por parte do governo federal este foi um tema que nós abordamos. Trouxemos inclusive um requerimento, aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, pedindo intervenção federal na saúde do do Amazonas, tal é o estado de calamidade que o coronavírus alcançou no nosso Estado.”

Sem tratativas, diz governo

Em nota enviada à Redação de O Poder, o governo do Amazonas informa que não há tratativas com o governo federal sobre intervenção na gestão do sistema de saúde estadual.

Informa, também, que mantém contato diário com o Ministério da Saúde, que tem contribuído com o esforço do Estado para ampliar a capacidade de atendimento na rede estadual, que necessita de apoio para fazer frente aos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

Veja vídeo:

 

Álik Menezes, para O Poder

Foto: Divulgação

Últimas Notícias

Projeto de Caio André que beneficia atletas de jiu-jítsu avança na CMM

O Projeto de Lei nº 145/2023, que busca isentar a taxa de inscrição em eventos esportivos para atletas praticantes...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!