fevereiro 26, 2024 03:53

Wilson Lima e Carlos Almeida têm 3º pedido de impeachment protocolado na Aleam

spot_img

Foi protocolizado nesta quarta-feira, 29, na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), o terceiro pedido de impeachment do governador Wilson Lima (PSC), e do vice, Carlos Almeida Filho (PRTB). O documento foi assinado pelos presidentes do Conselho Regional de Administração, Inácio Guedes Borges, e de Economia, Francisco Mourão Junior.

No documento, eles alegam que o pedido foi feito com base na efetivação de “gestão pública temerária” no controle do orçamento e falta de probidade na administração pública principalmente com relação à área da saúde. No pedido, eles alegam mau uso do dinheiro público e superfaturamento em compras.

Eles destacam também o pagamento de mais de R$ 750 milhões, cerca de 60% do orçamento previsto para o ano, referente aos gastos de gestões anteriores, em período delicado por conta do aumento de casos do novo coronavírus no Amazonas.

Primeiros pedidos

O primeiro pedido de afastamento do governador e do vice foi feito pelo presidente do Sindicato dos Médicos do Estado do Amazonas, Simeam, Mário Vianna, que alega negligencia e omissão do Estado em relação à saúde e o avanço da Covid-19 no Estado. Em vídeo, Vianna responsabiliza o governo pelas mortes ocorridas na sociedade e dos profissionais da saúde.

Na última sexta-feira, 24, o Movimento Independente do Amazonas e coordenador regional do Movimento Conservador, o empresário William Bitar Barroso dos Santos, protocolizou na Aleam o segundo pedido de impeachment do governador e do vice alegando crime de responsabilidade fiscal.

 

 

Álik Menezes, para O Poder

Foto: Divulgação 

Últimas Notícias

“Devemos passar uma borracha no passado” diz Bolsonaro em ato.

Lideranças da direita brasileira e os apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro, que é investigado por tentativa de golpe entre...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!