fevereiro 28, 2024 22:18

Petróleo afunda e abre margem para corte relevante no preço da gasolina

spot_img

A forte desvalorização dos preços do petróleo nas últimas semanas abre uma margem relevante para a Petrobras cortar os preços da gasolina. A cotação do petróleo tipo brent chegou a bater a marca de 90 dólares por barril no final do mês de outubro, mas é negociada a 73 dólares por barril nesta quarta-feira, 13. Na terça-feira, 12, a commodity fechou em queda de pouco mais de 3%.

A Associação Brasileira dos Importadores Combustíveis (Abicom) estima que os preços da gasolina e do diesel estão acima da paridade internacional e que, portanto, existe espaço para cortes nos preços pela Petrobras. A gasolina está 10% acima da paridade, o equivalente a 22 centavos por litro. Já o diesel está 4% acima, ou 14 centavos por litro. Na última semana, a Petrobras reduziu o preço do diesel em 6%, o equivalente a 27 centavos por litro.

De acordo com alguns economistas, a previsão de desaceleração no ritmo de crescimento das economias em 2024 e o risco de uma recessão em países desenvolvidos derrubou as cotações.

“Há um receio de desaceleração de grandes economias consumidoras de petróleo. As cotações dependem das projeções de demanda externa e importadores como China e Estados Unidos indicam um arrefecimento do crescimento”, diz Bruno Monsanto, economista da assessoria RJ+ Investimentos.

 

Com informações da Veja

Foto: Reprodução

Últimas Notícias

Caio André pede harmonia e respeito entre os parlamentares durante sessões da CMM

Durante a Sessão Plenária desta quarta-feira, 28, o presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Caio André (Podemos)...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!