fevereiro 26, 2024 04:29

Corregedoria-Geral de Justiça do AM recebe reconhecimento nacional por atuação em 2023

spot_img

A solenidade de entrega dos troféus da primeira edição do Prêmio Corregedoria Ética foi realizada no auditório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), durante o 8.º Fórum Nacional das Corregedorias (Fonacor). O Tribunal de Justiça do Amazonas, através da sua Corregedoria-Geral de Justiça, foi um dos agraciados na categoria Desempenho e também recebeu a Menção Honrosa por cumprimento da Diretriz Estratégica 5/2023.

A premiação reconhece iniciativas inovadoras, envolvendo as atribuições das Corregedorias, na categoria Boas Práticas, e incentiva o cumprimento das Metas Nacionais e observância das Diretrizes Estratégicas das Corregedorias, na categoria Desempenho. Concorreram as corregedorias-gerais de órgãos do Judiciário de todos os segmentos da Justiça, exceto as dos conselhos e dos tribunais superiores.

“É uma honra receber o Prêmio Corregedoria Ética 2023 e estamos muito felizes com o reconhecimento de um trabalho que reflete o comprometimento e a dedicação de cada servidor e magistrado da Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas ao longo deste ano. Este prêmio é fruto do empenho incessante dessa equipe em promover uma Justiça ética e eficiente”, desembargador Jomar Fernandes, Corregedor-Geral de Justiça do Amazonas.

Desempenho

Conforme o portal do CNJ, para concorrer na categoria Desempenho, a premiação levou em conta os resultados alcançados pelas corregedorias dos tribunais no cumprimento das Metas Nacionais das Corregedorias, por segmento de Justiça.

Três tribunais do ramo Justiça Estadual foram premiados: Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM); Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA); Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). Da Justiça do Trabalho, foram laureados o Tribunal Regional do Trabalho da 8.ª Região (TRT-8); da 14.ª Região (TRT-14); da 15.ª Região (TRT-15) e da 19.ª Região (TRT-19).

O vencedor do ramo da Justiça Federal foi o Tribunal Regional Federal da 1.ª Região (TRF-1). Já na categoria Militar, o vencedor foi o Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais (TJMMG). O estado mineiro também venceu na categoria Justiça Eleitoral, pelo desempenho do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG).

Henrique Souza, com informações de O Contestador

Imagem: divulgação

Últimas Notícias

“Devemos passar uma borracha no passado” diz Bolsonaro em ato.

Lideranças da direita brasileira e os apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro, que é investigado por tentativa de golpe entre...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!