abril 20, 2024 22:22

Justiça Federal libera instalação de medidores aéreos

spot_img

Atendendo a solicitação da Agência Reguladora de Energia Elétrica (ANEEL), o Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM) enviou para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), os autos da ação em que discute a legalidade da instalação dos sistemas de medição de consumo de energia elétrica SCM, popularmente conhecidos como medidores aéreos.

Mediante a decisão, foi determinada a anulação de todos os atos praticados pelos magistrados estaduais, porque entendeu o Juiz federal que havia um vício de origem, qual seja: deixou-se de incluir a ANEEL como parte do processo, cuja presença é essencial tendo vista que foi ela quem determinou à concessionária Amazonas Distribuidora de Energia a implantação do SMC.

O Juiz Federal responsável pelo processo, destacando a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a matéria, determinou não apenas a revogação da medida liminar que impedia a implantação do SMC, mas também que a Defensoria Pública da União (DPU), corrigisse o pedido inicial da ação ajuizada, após o que o processo será reiniciado, desde as primeiras fases procedimentais. de modo a seguir estritamente as disposições da Lei.

Decisao-Judicial

 

Da Redação, com informações O Amazônida

Foto: Reprodução

Últimas Notícias

Lançamento da pré-candidatura de Maria do Carmo tem participação de Dallagnol

A pré canditada Maria do Carmo Seffair oficializou neste sábado (20) a sua candidatura a prefeitura de Manaus. O...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!