maio 21, 2024 02:32

Marcelo Ramos realiza evento com militância do PT

spot_img

Pregando o diálogo, primeiro com os membros do Partido dos Trabalhadores e consequentemente com os partidos da federação que compõem a esquerda, o ex-deputado federal Marcelo Ramos (PT), realizou na manhã deste sábado, 13, evento com a militância do PT onde lançou a proposta da sua pré-candidatura a prefeito de Manaus e que espera que o seu nome seja o escolhido.

De acordo com Marcelo Ramos, a pedido do presidente Lula ele vai conversar com todos os membros do partido e da federação e que não iria impor a sua candidatura, mas dialogar com todos e nesse campo democrático de construir as alianças, afirmou ao agradecer ao presidente municipal do PT, Valdemir Santana e Anne Moura.

“As disputas internas estão de quarentena até as eleições, pois o nosso objetivo é derrotar o Bolsonarismo. Lembro que quando ainda era do PL escrevi um artigo dizendo porque eu votava no presidente Lula e justamente por isso voto no Lula, pois não posso continuar pensando diferente e mantendo um diálogo democrático. É uma honra ter sido convidado pelo presidente Lula que é o melhor presidente da história recente do Brasil”, afirmou.

“Campo das ideias”

Ao relembrar que na última eleição para presidente, Manaus deu 62% dos votos para Bolsonaro, Marcelo Ramos disse que mantinha o desafio de alguém apresentar ao menos uma obra que o Bolsonaro trouxe para Manaus e para o Amazonas nos seus quatro anos de governo.  Marcelo disse que queria debater no campo das ideias todo o bem que Lula fez para o Amazonas.

“Quero lembrar a sociedade manauara que todas as obras tem a marca do governo do PT, o Viver Melhor, Luz Para Todos, Arena, a Ponte, a manutenção a Zona Franca de Manaus, geração de emprego, tudo do governo Lula e Dilma que fizeram por essa cidade.  O governo do PT só trouxe o bem para Manaus. Fica o desafio que fiz desde o primeiro dia da campanha, uma obra dos quatro anos de Bolsonaro na cidade de Manaus. Não vale a ponte de madeira de 12 metros de São Gabriel da Cachoeira. Não existe uma obra. O que existe de lembrança dos quatro anos de governo era não mandar o oxigênio e não comprar vacinas”, enfatizou.

Projetos para Manaus

Durante o seu pronunciamento, Marcelo Ramos afirmou que Manaus tem problemas que devem ser melhor estudados para serem resolvidos e não por intermédio de Memes. Ele afirmou que existem quatro aspectos fundamentais que precisam ser resolvidos se referindo ao reajuste salarial dos professores, transporte coletivo e comunidade urbana, segurança pública e saneamento básico.

“Quero falar de quatro aspectos fundamental na cidade. Primeiro atual não podemos discutir e oferecer aos professores um reajuste menor que a inflação de março 3,93% e não é razoável oferecer 1,25  fazer damagogia não resolve.  O critério do reajuste que é o nosso é a reposição da inflação. Se cresce a riqueza do país o trabalhador cresce junto porque ele é parte dessa riqueza”, disse.

Transporte Coletivo

Marcelo Ramos ainda falou sobre um problema crônico da cidade que é o transporte coletivo e comunidade urbana. “Não adianta somente colocar mais ônibus na cidade e construir viadutos que depois de cinco anos volta a ter problema, Temos que discutir a mobilidade urbana e ninguém quer falar sobre isso. Não podemos ter tantos prédios abandonados e não  renova a moradia no Centro de Manaus.”, afirmou.

Segurança pública

Na avaliação de Marcelo Ramos a segurança pública não é um problema somente do Estado. Ele defendeu a melhoria da iluminação pública na cidade e praças. “A gente faz de conta que isso não existe. Sei como é a praça do Armando Mendes sem reforma. Hoje a praça São Sebastião é um dos lugares mais seguros porque tem policia, não porque tem luz. A prefeitura tem responsabilidade quando ilumina bem o lugar e o torna habitável. Onde tem a guarda municipal diminui os acidentes”, disse.

Saneamento básico

Marcelo Ramos afirmou que Manaus entrega muito pouco de saneamento básico a população. “Não dá pra ser uma cidade que entrega tão pouco de saneamento básico na vida das pessoas. Temos problemas de saúde por conta do baixo investimento em saneamento básico. Nos vamos repactuar o contrato da Águas de Manaus com critérios mais rígidos”, prometeu.

Marcelo Amil 

Marcelo Ramos destacou a participação do candidato do PSIL, Marcelo Amil no debate dos candidatos a prefeitura de Manaus, realizado ontem na sede da OAB do Amazonas. Ele disse que conta com ele na caminhada política, pois acredita que o PSOL deve caminhar com ele nessa construção política que está sendo tratado primeiro com o PT e depois com os partidos da federação.

“Quero parabenizar o Marcelo Amil.  Queremos dizer que o lugar do PDT é aqui e não ao lado dos bolsonaristas e tem que estar aqui conosco. Vamos conversar com eles porque queremos unificar a esquerda”, afirmou. .

Augusto Costa, para O Poder

Foto: Reprodução

 

 

Últimas Notícias

Renan Calheiros é o grande derrotado na CPI da Braskem

A CPI da Braskem vai votar seu relatório final na próxima terça-feira. Criada para investigar as responsabilidades pelo acidente...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!