julho 13, 2024 09:56

Instabilidade jurídica leva a ‘derretimento’ da pré-candidatura de Wanderlan em Autazes

spot_img

Com vários problemas na justiça eleitoral, o ex-prefeito de Autazes ( a 267 quilômetros de Manaus), Wanderlan Sampaio (União Brasil), sente na pele os efeitos do enfraquecimento da sua pré-candidatura a prefeito. O político foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e ficou inelegível até 2030.

De acordo com os comentários em Autazes e nos bastidores políticos, logo que foi anunciado o nome dele como provável pré-candidato á prefeitura de Autazes, logo veio à memória da população as pendências judiciais que o deixaram inelegível. Os moradores também recordaram os problemas que resultaram na cassação do mandato de prefeito, que o impediram de disputar as últimas eleições.

Pesquisas

O Instituto Pontual divulgou pesquisas com o pré-candidato Thomé Neto em primeiro lugar na intenção de votos, com 53,4%, seguido por Wanderlan Sampaio ,que alcançou 34,2%. Depois da pesquisa, o enfraquecimento de Wanderlan foi vertiginoso, sem que ele tenha conseguido o apoio dos eleitores, políticos locais e lideranças para a caminhada eleitoral.

A pesquisa foi feita em Autazes entre 30 de maio e 2 de junho. O estudo teve registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número AM-07117/2024, obedecendo assim a legislação vigente e cumprindo o rigor metodológico necessário para atender às resoluções específicas.

A amostra teve 380 entrevistas presenciais, alcançando margem de erro de 5% com intervalo de confiança 95%.

Índice de rejeição

Indicado pelo atual prefeito de Autazes, Andreson Cavalcanti, a associação da imagem dos dois tem sido altamente negativa. Pois, além de Wanderlan Sampaio já estar enfrentando inúmeros problemas jurídicos, o prefeito vive um momento de alto índice de rejeição que prejudica ainda mais a pré-candidatura de Sampaio. A medida confirma que não foi uma boa estratégica política adotada pelo grupo de Wanderlan Sampaio.

 

 

Augusto Costa, para O Poder

Foto: Reprodução

Últimas Notícias

DNIT recupera trechos da BR-319 enquanto não sai a liberação ambiental

Uma boa noticia para o Amazonas foi confirmada pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) que anunciou diversas...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!