fevereiro 23, 2024 06:26

Inquérito do MPAM vai apurar irregularidades em licitação da Câmara de Humaitá

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) instaurou Inquérito Civil para apurar prática de ato de improbidade administrativa em fraude à licitação nos autos de pregão presencial feito pela Câmara Municipal de Humaitá. Outras irregularidades, de acordo com o MPAM, também podem constar no certame.

O pregão diz respeito à compra de materiais de expediente. Responsável pelo fornecimento dos produtos, a A. B. Passo – ME informou que as acusações são levianas e que cumpriu todos os requisitos pedidos em edital.

A Câmara de Humaitá deverá apresentar os autos do pregão em até 20 dias.

Últimas Notícias

Wilson Lima participa da posse do “itacoatiarense” Flávio Dino no STF

O governador do Amazonas, Wilson Lima, esteve presente na posse de Flávio Dino no Supremo Tribunal Federal (STF) nesta...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!