abril 14, 2024 07:14

Favorito a vaga no STJ pode ser do Acre 

spot_img

As cadeiras deixadas pelas ministras Laurita Vaz e Assusete Magalhães no Superior Tribunal de Justiça (STJ) seguem sendo disputada por homens. 

O  procurador de Justiça Sammy Barbosa Lopes, do Ministério Público do Acre, está bem avaliado e tem o apoio do ministro do STJ, o amazonense Mauro Campbell.

Já o preferido do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o desembargador Rogerio Favreto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4). Em 2018, Favreto concedeu um habeas corpus para libertar Lula, que tinha sido preso por condenação em processo da Lava Jato. No entanto, o petista continuou preso por decisão do então presidente do TRF-4, Thompson Flores.

A presidente do STJ, Maria Thereza de Assis Moura, deu como prazo até o dia 15 de março para os TRFs encaminharem a lista com os nomes dos inscritos e informações sobre cada candidato. O mesmo foi feito em relação ao Ministério Público Federal e estaduais.

A partir desses nomes, o STJ vota duas listas tríplices e encaminha para o presidente Lula, que escolhe os novos ministros. A expectativa é que o presidente receba as listas em maio. Uma vez escolhidos, os dois candidatos precisam passar por sabatina na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado. Em seguida, tomam posse.

A expectativa é que as listas sejam votadas no STJ em maio, para que os novos ministros sejam empossados até o fim do semestre.

Quem está na disputa

As 33 cadeiras do STJ são divididas entre juízes federais, juízes estaduais, integrantes do Ministério Público e representantes da advocacia. As cadeiras em disputa agora são de direito da Justiça Federal e do Ministério Público.

Para a vaga do MP, o favorito era Mario Sarrubbo, procurador-geral de Justiça de São Paulo. Como ele foi escolhido para a equipe de Ricardo Lewandowski no Ministério da Justiça, a disputa embolou.

Além de Sammy Lopes, estão no páreo a ex-procuradora-geral da República Raquel Dodge; Benedito Torres e Ivana Farina, de Goiás; a procuradora Regional da República Maria Cristiana Simões Amorim Ziouva; e o procurador-geral de Justiça de Minas Gerais, Jarbas Soares Júnior.

Além de Favreto, disputam a vaga da Justiça Federal os desembargadores Carlos Brandão, Daniele Maranhão e Ney Bello, do TRF-1; Aluisio Mendes, do TRF-2; José Marcos Lunardelli, do TRF-3; Rogério Fialho, do TRF-5; e Monica Sifuentes, do TRF-6.

 

Da Redação com informações de UOL

Foto: Divulgação

 

Últimas Notícias

Marcelo Ramos realiza evento com militância do PT

Pregando o diálogo, primeiro com os membros do Partido dos Trabalhadores e consequentemente com os partidos da federação que...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!