fevereiro 28, 2024 23:00

Covid-19: Amazonas tem 26 casos confirmados, sendo um em Parintins

spot_img

O Estado do Amazonas já registra 26 confirmados do novo coronavírus, 25 deles são em Manaus e 1 em Parintins, (a 369 quilômetros da capital), que está internado numa Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em estado estável. Outros 24 casos já estão sendo investigados pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Amazonas (Lacen).

A informação foi divulgada neste domingo, 22, em coletiva on line da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) com a presença do secretário de Saúde, Rodrigo Tobias, e da diretora-presidente do órgão, Rosemary Pinto.

De acordo com Rosemary, a partir desta segunda-feira, 23, o Hospital Pronto Socorro Delfina Aziz, zona Norte da capital, passará a atender apenas pacientes positivos com o novo Covid-19. A diretora confirmou ainda que a unidade médica já se encontra com um paciente internado com a doença.

O secretário Rodrigo Tobias, informou ainda que o Estado está recebendo novas demandas de Kits teste para realização do exame. A partir de agora serão divulgado apenas laudos confirmados, já que o Estado se encontra em fase de transmissão e todos são suspeitos.

“Agora que o país entrou em transmissão comunitária todas as pessoas passam a ser suspeitas. Não vamos divulgar mais casos suspeitos. Vamos focar nos casos confirmados 26 casos confirmados, sendo 25 em Manaus e um em Parintins. Cerca de 24 casos estão sendo investigados pelo laboratório Lacen”, afirmou Rosemery.

Rodrigo Tobias disse que a partir de agora todo o plano de contingência passa para nova fase onde a assistência vai assumir o papel de anunciar como o sistema de saúde vai oferta os cuidados para casos graves que precisam de emergência no Estado.

“Conforme o nosso plano de contingência e nesses casos mais graves, a partir desta segunda-feira,23, o Delphina Aziz vai estar de portas fechadas. Em caso de urgência vão para a UPA Campos Salles e os nossos SPAs. Toda a nossa equipe fica a disposição da população para atendimento médico. O Delphina só vai atender casos graves de urgência e emergência. Já temos 50 leitos de UTI e estamos expandindo mais 150 leitos de UTI, para trabalhar a necessidade de pacientes graves”, disse.

 

Augusto Costa e Ericles Albuquerque, para O Poder

Foto: Reprodução Facebook

Últimas Notícias

Caio André pede harmonia e respeito entre os parlamentares durante sessões da CMM

Durante a Sessão Plenária desta quarta-feira, 28, o presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Caio André (Podemos)...

Mais artigos como este

error: Conteúdo protegido!!